26 de junho de 2012

Capitulo 21 - "os lábios dele"

-Então, Sam... Verdade... ou consequência?


 Olhei para Amy à procura de ajuda... Ela olhou para mim também e encolheu os ombros... Pronto, era oficial, eu estava tããão tramada!

-Estás com medo de responder, é? - O sorriso de Abigail não podia significar nada de bom!

Tive de pensar rápido, não sabia o que havia de dizer, o que escolheria? Corriam mil situações diferentes na minha cabeça, e não paravam...

-Consequência! - Respondi de rajada, agora já estava dito e não havia como voltar atrás 

-Então, primeira, beijares o Jeff!

Não podia! Quer dizer, pelos vistos podia, mas eu não queria! Quer dizer, queria, mas nunca tinha beijado ninguém antes... Como o ia fazer? Como ia encarar Jeff depois disto? Será que ele queria o mesmo? Provavelmente não...

Engoli em seco...

-Ok, essa é a difícil, e a fácil e a média quais são?

-Ah, não sabes? Este é um jogo diferente... Só tem uma consequência! - Abigail estava com um grande sorriso no rosto, e a sua expressão por uma lado dizia "De nada por isto" e por outro dizia "estás tramada, agora é que ele não vai gostar de ti!" E para dizer a verdade, uma parte de mim queria odiá-la por ela me ter posto nesta situação, mas por outro, até que podia ser um pouco bom para mim...

-Mas ele não tem nada a ver com as minhas consequências! 

-Agora tem! E ele não pode dizer que não!

-E isso são regras de quem?

-Nossas! Agora, fazes isso ou levas 5 carolos de cada um?

-Mas...

-Bem me parecia que querias!

Eu estava sentada numa ponta do muro, e Jeff noutra... Os nossos colegas que estavam no meio foram-se levantando, e chegou a um ponto em que eu estava ao lado dele, claro que continuei a reclamar, mas ninguém me dava ouvidos...

-Mas Sam, tu gostas dele, certo? - A sério, ela tinha mesmo de perguntar?

-Pois... sim...

-Então pronto! E tu tens um fraquinho por ela, certo Jeff? - Wow, as noticias espalhavam-se depressa naquela escola!

Ele apenas acenou com a cabeça. Estávamos os dois sentados, e um montinho de gente à nossa volta! Aquele era o momento mais constrangedor da minha vida!!

-Oh, vá lá, é só um beijinhos rápido! - Falar era fácil!

-Pronto está bem ... - Com estas palavras, Jeff virou-se para o lado...

Não tinha a certeza do que iria acontecer, mas virei-me também...

Os nossos lábios tocaram-se levemente, os lábios dele eram quente e macios, como se fossem veludo, mas ao mesmo tempo húmidos o suficiente... Depois afastámo-nos e virei a cara muito rapidamente...

Então aquilo é que era um beijo? Não era nada de especial, e foi instintivo o que tinha de fazer, apesar de não ter feito muita coisa... Não foi nada de especial, ou à filme... Foi... Nem eu sabia explicar! Só queria sair dali, e depressa!

Claro que toda a turma começou a fazer um escândalo infindável, a gritar para todas as pessoas que entravam na escola, que nós nos tinha-mos beijado! Eu estava tãããão feita! Se por acaso a minha mãe sonhava com aquilo... Ai nem queria pensar!

-Ok, agora tenho uma consequência para ti, Jeff!

-Mas eu não disse que estava a jogar, ou se queria verdade ou consequência!

-Já alguma vez foste à lua? Pronto, não, mentira, consequência!

-Vá, diz lá de uma vez por todas!

-Beijar a Sam...

Eles só podiam estar a gozar com a minha cara ... (não que eu me importasse muito...) 

-Mas isto agora é assim? Eu já não estou a jogar!

Abigail puxou-me para falar comigo a sós e Jeff começou a ir embora, de cabeça em baixo... ou então eu estava a imaginar coisas...

-Oh Sam, eu sei que tu queres, porque não dizes logo que sim?

-Parece ridículo, mas tenho medo que a minha mãe descubra...

-Oh, não sejas parva, ela não vai descobrir! Posso chamá-lo? Viste como ele ficou super triste!

Encolhi os ombros, não tinha coragem suficiente para dizer que sim...

Ela fez um gesto qualquer para Daniel (o melhor amigo de Jeff) e este foi chamá-lo. O tempo que ele demorou a chegar ao pé de mim pareceram uma eternidade, queria cavar um buraco e esconder-me! Estava toda a gente a olhar para nós... que vergonha!

Assim que Jeff chegou ao pé de mim, inclinou a cabeço para um dos lados, e eu para outro, e assim foi o meu segundo beijo, talvez mais rápido que o primeiro... mal senti os lábios dele, mas foi bom na mesma, pelo menos achava que sim...

Pronto, felizes agora? Acabaram-se as consequências! - Não queria ter de passar por aquilo outra vez, então virei costas e fui-me sentar ao lado de Amy...

Pela primeira vez reparei bem nela. Estava com os seus grandes olhos verdes azulados a olhar chocada para mim, com um meio sorriso nos lábios.

-Oh meu Deus! - Quase que gritou aquilo, o que fez com que eu lhe mandasse um olhar que fez com que ela pedisse desculpa com os lábios, sem emitir nenhum som, e começasse a sussurrar - Como foi? Sabes que quero saber todos os pormenores, certo?

Ao longe ouvi alguém dizer, alto de mais para o meu gosto, "então Jeff, nem te despedes dela?" e quando olhei para Amy, ela estava paralisada a olhar para uma coisa qualquer nas minhas costas...

Olhei também para trás para ver o que se estava a passar e... 

7 comentários:

  1. Coitada! Está lindooooo! *.*

    ResponderEliminar
  2. Uau, adorei o capítulo, foi muito emocionante, valeu a pena esperar! Agora estou curiosa quanto ao próximo ahah :D Escreve depressa okay? Bjs linda *-*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que gostas :D já estou a escrever o próximo :P Bjs princesa @

      Eliminar
  3. não acabes o capitulo assim por favor c
    agora quero saber o que ela estava a olhar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Publico o próximo ainda hoje :D

      Eliminar

a vida é muito curta para guardares o que pensas só para ti!