26 de agosto de 2015

dark skin, light hair, summer vibes

foto da minha autoria e da M linda que a editou. não usar sem direitos de autor
então tenho a dizer que este verão está a ser brutal! como está a ser o vosso? não tenho vindo muito aqui porque agora estou em espanha e só tenho net no telemóvel, não tenho tido computador. daqui a talvez uma semaninha já estou de volta a casa. o verão está mesmo a acabar, ainda não acredito! depois disso faculdade, vamos lá ver como corre.... agora é aproveitar os últimos dias

16 de agosto de 2015

obrigada por fazeres com que não tenha palavras para nós

Tumblr
os sentimentos não têm palavras, e nós não temos explicação... eu sei que às vezes tentas, eu também. mas a verdade é que andamos os dois às cegas nisto tudo, mas essa é a magia da coisa. tu és a magia da coisa. e apesar dos porquês tudo isto faz sentido... obrigada pelo que nós temos

missed u like hell, bitch

IG CREDS: itsalainanoelle🌵
apesar de todas as confusões tinha tantas saudades tuas que nem te passa. acho que nos fez bem isto tudo se não as confusões iam sempre aumentar. eu sei que cada uma seguiu caminhos diferentes, mas quero conhecer todas as pedras do teu caminho... espero que um dia isto seja um recomeçar ou algo assim, quero continuar a saber as coisas que se passam na tua vida, mesmo que não faça parte dessas coisas...
e sei que vais ler isto sua porca, por isso ya, espero que saibas que tive saudades tuas

12 de agosto de 2015

e o sudoeste são momentos

esta sou eu e o mm, um amigo meu, quando vi a foto até me passei, está brutal!
podia ficar aqui a dizer imensas coisas, tal como de calpe, mas é inexplicável! nada vai explicar o que é acordar ao lado da rl, com a sua cara de parva e soltar mil gargalhadas pela manhã, nada vai explicar correr por aquele recinto de mão dada com a rl e a mo para cantar a música "read all about it", e virem as lágrimas aos olhos porque era demasiada emoção, nada vai explicar o que é olhar à volta e perceber que eles são os mais otarios, mas também os melhores amigos que alguém pode ter, nada vai explicar o quão bom era receber abraços e beijos de surra do pr quando ele estava bêbado, nada vai explicar o que é ver o steve aoki a menos de um metro de ti, nada vai explicar as luzes, as cores, os olhares, as gargalhadas, as mocas.

deixo-vos com algumas fotos e para o ano há mais!
a rl e eu no recinto

nós todos a tchilar no acampamento (faltam dois)

a única vez que fui ao snap, o sandro, a rl e eu no acampamento

o recinto (eu e a mo ficámos aqui sentadas meia hora a olhar para o por do sol)

o pitéu feito pelos gajos