29 de julho de 2012

Capitulo 31 - "sei o que é viver?"

O sétimo ano tinha acabado...

Tinha passa tudo tão depressa... Tantas coisas que me tinham acontecido, amizades que tinha criado com pessoas que nem pensei alguma vez lembrar-me dos nomes... Apaixonei-me por uns olhos azuis, e esqueci alguém que pensei ser inesquecivéis Agarrei-me a sentimentos temporários, que nem sabia se existiam mesmo, e a pessoas que antes apenas eram figurantes na minha vida. Perdoei coisas que nunca pensei virem a acontecer, fiz coisas das quais nunca pensei ser capaz! Era incrível como a vida podia mudar num ano, talvez até um pouco assustador... Os momentos em que quis parar o tempo, momentos que podia jurar que foram segundos, momentos que jurei que eram infindáveis e que no fim acabaram por passar...

E será que depois de tudo isto, eu posso dizer que sei o que é viver?

28 de julho de 2012

Capitulo 30 (parte 2) - "...barreira fosse suficientemente forte"


Eu estava com o saco de educação física ao ombro, e ele meteu as mão dele na minha cara e aproximou-se lentamente de mim...

Não consegui ter reacção. Fiquei de olhos fechados, à espera do que is acontecer... Senti os lábios dele nos meus. Quentes, que me beijavam com calma como se não me quisesse assustar, ou ir longe de mais. Foi um beijo doce e calmo. Quando ele afastou a cara da minha eu ainda estava em choque, com o coração a bater muito depressa! Mas afinal eu gostava ou não dele? Talvez gostasse... Afinal, se não gostasse não estava a sentir os joelhos a fraquejar...

Como não queria ficar ali eternamente, e provavelmente já tinha tocado, dei-lhe a mão e continuei a andar para o ginásio, com ele a meu lado.

Quando chega-mos de mão dada ao pé de Stark, Martha e Amy, eles começaram logo a mandar bocas, como era de esperar...

-Elá, então vocês namoram mesmo? - Andrew disse que sim com a cabeça, de forma envergonhada, mas eu ainda não sabia bem o que aquilo era...

-Oh, não acredito! Beija-a lá para eu ficar a acreditar!

Ainda estava de mão dada com ele, e apertei-a com força para ele perceber que aquilo não era boa ideia, e quando ele estava prestes a dar uma desculpa esfarrapada quando o stôr de educação física me chamou para a aula.

-Nem se despediu de mim! - Ouvi Andrew muito indignado, o que me deixou um sorriso parvo nos lábios...

Passados uns segundos Amy e Martha entraram meio estéricas no balneário!

-Então como é que foi? - Amy e Martha estavam com um sorriso gigante e com os olhos muito abertos!

-Foi bom, quer dizer, normal e fofinho, acho eu...

-Vais contar-me isso mais com mais promenor menina Samantha!

-Está bem Amy, não te preocupes!

-Uhm... acho muito bem!

Mais tarde sai-mos da aula, e como Stark veio ter com Martha, Andrew veio ter comigo...

Amy andava com Carol e Evelyn, e comigo quando eu não estava com Andrew.

A nossa relação não era muito cúmplice, mas ia-mos falando, e uma vez ele escreveu "amo-te" no meu braço. Ele também era super protector, do tipo de andar abraçado a mim sempre que podia, chamar-me linda e acompanhar-me para todo o lado!

Muitas pessoas não aprovavam a nossa relação por ele ser mais velho, diziam que ele não era bom rapaz para mim, mas ele comigo era impecável e eu não tinha razão de queixa! Quer dizer, não sabia se ele gostava mesmo de mim, nem sabia o que ia acontecer quando as aulas acabassem, mas provavelmente cada um seguia o seu caminho.

Eu gostava dele, gostava mesmo, mas amar? Não, não o amava, e muito provavelmente ele também não me amava a mim, mas acreditava que o tempo que estávamos juntos estava a valer a pena.

E sim, ainda pensava em Jeff, o que era injusto da minha parte para com Andrew, mas não podia simplesmente apagar o que sentia por ele, por isso decidi esconder esse sentimento por de trás de Andrew, e esperar que aquela barreira fosse suficientemente forte para não me lembrar de que ainda sentia alguma coisa por Jeff...

Capitulo 30 (parte 1) - "decidi deixar-me levar pelo momento e viver..."


Martha agora gostava de Stark, e, ao contrário do que tinha pensado, Amy nem reagiu muito mal. Ela sabia que o que sentia por ele era só passageiro, e que contra a Martha não tinha hipóteses...

Agora Amy tinha problemas maiores, como por exemplo "empurrar-me" para cima de Andrew, para ver se eu esquecia Jeff de vez... E para ajudar à festa, Andrew e Stark andavam cada vez mais connosco, e Andrew às vezes metia-se comigo, e, apesar de ficar super atrapalhada, metia-me com ele de volta para salvar a minha honra!

Stark e Martha começaram a namorar e na verdade ficavam bastante fofos os dois! Mas como é obvio, Stark continuava a insistir comigo e com Andrew, que estava cada vez com uma atitude mais suspeita em relação a mim...

Estávamos nas traseiras da escola (eu, Amy, Andrew, Stark e Martha), para dali a um bocado entrar na aula de educação física, e eu já estava a ficar com medo da brincadeira, e com vontade de fugir dali...

-Oh, vá lá Sam, não te vás embora!

-Mas Stark, eu tenho de ir ter como uma amiga minha...

-Ui, claro que tens...

Andrew estava quase mais envergonhado do que eu e a insistencia de Stark começava a tornar-se suspeita.
Andrew chamou-o à parte e sussurrou-lhe qualquer coisa ao ouvido, e ele começou a rir com um ar ainda mais suspeito.

Achei que era a melhor altura para ir embora, mas Stark mandou um olhar cúmplice a Martha, e ela não me deixou ir embora.

-Aposto contigo em como não dizes isso em voz alta, Andrew! 

-Ai não Stark, tens a certeza?

-Absoluta!

-Ok... Quando for-mos levar-las ao ginásia, eu vou beijá-la! O que é que apostámos mesmo?

Ele estáva tão ou mais corado do que eu e foi sentar-se num muro, um pouco mais afastado de nós.

O meu coração começou a bater mais rápido de pensar nos lábios dele e, apesar de pensar que não gostava dele, senti um enorme formigueiro na barriga. Não sabia em que pensar, quando pensava em Jeff tudo sobre Andrew desaparecia, mas depois olhava para Andrew, pensava nas suas palavras "vou beijá-la" e tremia por dentro. Sabia que aquilo era errado, pois tinha passado pouca coisa entre nós, tinha sido tudo tão repentino... E provavelmente ele não gostava de mim... Epah, porque gostaria? E além disso, só faltava uma semana para as aulas acabarem e não iria estar com ele tempo nenhum...

-Sam? Arrisca! - Amy estava a falar de modo a só eu ouvir, de alguma forma deve ter percebido o que eu estáva a pensar...

-Mas ele se calhar ele nem gosta de mim, e só nos vamos ver mais uma semana, e depois e se alguém descobre? E ele é mais velho do que eu...

-E que tal aproveitares a vida? Sim, podem haver esses contratempos todos, mas ao menos depois nao te arrependes, é uma semana em que podes não pensar nos outros, em que podes viver da forma que queres, e se ele não gostasse de ti, não tentava sequer fazer nada, não é? Além disso, se a vida nunca desse trabalho, não valia a pena!

-Pois, se calhar tens razão...

-Claro que tenho razão! - Amy disse aquilo com um grande e convencido sorriso na cara, o que me fez rir um bocadinho.

-Então meninas, vamos para a aula? - Stark disse aquilo de forma bastante paciente!


Senti-me a tremer por dentro. Para que aquela confusão toda? Lembrei-me das palavras de Amy "Além disso, se a vida nunca desse trabalho, não valia a pena!"...


-Sam, chega aqui... - Andrew puxou-me por um braço, para um canto onde nínguem nos via.

O meu coração começou a bater mais rápido, mas decidi deixar-me levar pelo momento e viver...




26 de julho de 2012

Capitulo 29 - "temos sido umas parvas"


Ficamos todas um bocado à toa, afinal, elas vinham super contentes? Mas será que a directora não lhes tinha dado uma espécie de grande sermão ou assim? Olhámos todas nós umas para as outras em busca duma resposta, mas cada uma estava mais confusa que a outra...

-Nós temos uma coisa para dizer... - Foi Martha (líder do grupo) quem falou .. Parecia arrependida, mas ainda se estava a rir...

Nós entramos um bocado em pânico, novamente.

-Queria pedir desculpa em nome de nós todas, porque temos sido umas parvas, e estamos muito arrependidas!

Agora ela parecia estar a falar a sério, o que era um bocado suspeito, depois de tudo o que nos tinham feito passar...

Os rapazes, que não se tinham apercebido do que se estava a passar entre nós, as raparigas, mas assim que elas explicaram a situação à turma, eles ficaram do nosso lado, o que nos fez sentir melhor, pois toda a gente reconhecia que elas tinham sido umas parvas!

O resto da aula passou-se com toda a turma a fazer perguntas, claro que nenhuma de nos respondeu, será que elas estavam mesmo arrependidas? Pareciam, mas isso era pouco...

Quando tocou para a saida, todas fica-mos com medo... Será que ia ser pior agora?

Eu, Amy, Carol e Evelyn juntámo-nos, com medo do que iria acontecer. 

-Desculpem-nos pelo que vos temos feito... - Agora Abigail parecia estar mesmo a falar a sério. Já não se estava a rir nem um bocadinho. Estava bastante séria para dizer a verdade...

-... Nós temos sido umas parvas - Continuou Martha e todo o grupo concordou. - E só queria-mos pedir desculpa porque é a única coisa que pudemos fazer agora...

Todas elas estavam bastante tristes!

- Nós não tinha-mos noção que o que vos fazia-mos era assim tão mau, mas agora sabe-mos. E de qualquer das maneiras, vocês não nos faziam frente, e era também por isso que nós continuávamos... E para piorar , ultimamente na televisão têm dado muitas noticias de que o bulling tinha aumentado, e nós já estávamos a ficar preocupadas...

- E pronto, era isso que tinha-mos para vos dizer... Espera-mos que nos desculpem...

Nós olhámos umas para as outras... Ainda não tínhamos a certeza se elas estavam a mentir ou a falar mesmo a sério... Mas pelo menos pareciam sinceras!

-Ok ... - Fui eu quem falou, e elas ficaram um pouco aliviadas por verem uma reacção da nossa parte... - Mas então porque é que se estavam a rir quando entraram na sala?

-Ah, isso! - Começaram a rir outra vez e nós pensamos que afinal aquele discurso não tinha servido de nada! - Isso foi a Martha que tropeçou de forma bué engraçada quando ia a entrar na sala!

Ficámos todas aliviadas e rimo-nos também. Começava mesmo a acreditar que elas tinham mudado... Mas isso agora só o tempo diria, mas de qualquer das maneiras, agora podia-mos desfrutar das ultimas semanas de aulas em paz!

24 de julho de 2012

Capitulo 28 - "Martha e Abigail estava cada dia pior!"


A situação com Martha e Abigail estava cada dia pior! Formaram um grupinho (elas as duas e mais umas das suas amigas), dividindo a turma em duas parte: as "fortes" (era como elas se chamavam) e as "fracas" que era eu (mas elas a mim chamavam-me a protegida, porque elas antes se davam bem comigo), Amy, Carol e Evelyn!

Carol tinha um problema nas pernas, mas isso não fazia dela menor que os outros! Ela era linda por dentro e por fora, e era uma lutadora! Lidava bem com a situação, e nada a incomodava, mas nós sabia-mos que com elas a fazerem aquilo ela ia acabar por ficar com complexos na sua cabeça maluca.

Amy tinha uma auto estima muito baixa, por isso quanto mais elas diziam, mais ela se ficava a sentir mal, e para além disso, ela odiava injustiças.

Uma vez estávamos a ir para educação física, e elas resolveram embirrar com os ténis dela, outra vez a Carol veio com umas galochas, e elas também começaram a tentar tira-las e coisas do género!

Amy já tinha falado comigo, que aquilo não podia continuar assim, mas falar era fácil... Eu sabia que ela tinha razão, só que eu era aquele tipo de pessoa que não queria fazer frente a ninguém! Quanto mais discreta e sossegadinha no meu cantinho, melhor!

A situação começou a ficar insuportável! Cada dia eram mais ameaças, em cada dia de educação física elas inventavam mais uma musica, cuja letra dizia que elas é que eram boas, elas é que mandavam em nós, e nós não éramos nada nem ninguém! 

Sempre que era para fazer grupos, elas ficavam num, e nós noutro. Elas jogavam bem tudo, e nós não tínhamos confiança, nem muito jeito... Então elas ganhavam do género 48 - 0 e coisas assim. Claro que se fartavam de gabar dos resultados aos rapazes, apesar de eles passarem sempre ao lado! Mas mesmo assim acabavam por gozar um pouco connosco, não por maldade, mas magoava na mesma.

Eu sentia que tinha de fazer algo, pois não era justo as minhas amigas continuares a sofrer assim, mas a verdade é que não as conseguia enfrentar! Era fraca para isso, tinha de admitir. Mas alguma coisa tinha de ser feita, nós não aguentávamos muito mais...

Então resolvemos ir falar com a directora de turma, esperávamos que ela fizesse alguma coisa, mas que não piorasse a nossa situação!

Fomos ter com a stora. Ela era muito querida, e quando lhe contá-mos a situação ela nem queria acreditar. Disse que iria falar com ela e só tínhamos de a avisar caso acontecesse mais alguma coisa.

Começaram as aulas da tarde, e alguém bateu a porta na primeira aula. E era a directora de turma! Nós ficamos um bocado em pânico, mas depois a directora chamou-as para a rua, para falar com elas.

Nesse momento elas olharam para nós de lado, e saíram todas chateadas, o que nos fez entrar ainda mais em pânico. Nenhuma de nós prestou mais atenção à aula, até que de repente entraram elas, e para nosso grande espanto, vinham todas a rir às gargalhadas...

Selo gémeo xD

Este blog foi-me oferecido pela Princesa (http://almostprinces.blogspot.com) passem por lá e sigam porque o blog é lindo! Eu amo e recomendo :D














Regras:
1- Dizer 3 factos sobre si;
2- Passar a cinco blogs; (só vou passar a 3 :c)
3- Seguir o blog: http://somebodytolove-kiss.blogspot.pt/

1- Gosto muito de passar férias em família, mas chega a um ponto que desespero com saudades! :c
    O verão naõ é definitivamente bom para quem tem namorado xDD
    Não me bronzeio com facilidade nenhuma e odeio isso -.-

2- http://elianasworld-rs.blogspot.nl/
    http://breaknessvillage-rafaela-catia.blogspot.nl/
    http://lemodeestmagnifique.blogspot.nl/

3- Já seguia :P

O.B.R.I.G.A.D.A (L)

Mais de 5000 visualizações e 50 seguidores, MUITO OBRIGADA :D




Para mostrar o meu agradecimento, prometo que vou postar 5 capítulos quase de seguida :D 




Ps: eu sei que as imagens não têm nada a ver, mas achei-as engraçadas xD
Pps: vai haver um dia em que não vou puder publicar, porque nesse dia não posso vir ao pc, mas depois compenso e meto dois :)


BEIJINHOS E OBRIGADA !!


23 de julho de 2012

Capitulo 27 (parte 2) - "Eles fizeram beicinho"


As pessoas do nono ano da minha escola eram muito grandes! Mas quando eu digo muito grandes, digo do tipo de parecerem ter 16 e 17 anos... Quando so tinhamm 14 ou 15! Ou seja, nos, os do sétimo, ao lado deles parecia-mos ainda mais pitos!

Mas claro que eles também eram muito sociáveis... Então, resolveram que nas ultimas semanas de aulas (duas para ser mais precisa) se iam meter connosco, que somos do sétimo ano! Claro que nós ficávamos um bocado atrapalhados quando eles se vinham meter connosco, mas por um lado até que era fixe, fazia-nos parecer mais velhos!

Haviam três rapazes que eram gémeos... Eu pessoalmente nos anos anterior sempre os confundira, mas agora, já fazia quase parte do "grupo deles" (só porque agora já éramos todos do 3o ciclo!), e depois havia o rapaz pela qual a Amy tinha uma paixãozinta... Mas assim sendo, começamos logo a inventar planos para os "conquistar" ou pelo menos começar a falar com eles...

O rapaz que a Amy gostava era muito querido, e andava sempre a meter connosco, quer dizer, metia-se comigo por causa de um dos gémeos, e com ela porque ela estava comigo, então eles os dois tentaram-se unir para me empurrar para cima de um desses gémeos!

Claro que eu resistia com todas as forças que tinha, e claro que o gémeo (que se chamava Andrew) não ligava muito... E apenas por isso é que comecei a ir na brincadeira!

-Sam, vem ali o Stark! - Olhei para trás e vinha a "grande" paixão da Amy, seguida de Andrew, que ficou mais atrás, a olhar para nós com cara de caso, enquanto Strak se aproximou da fila do almoço onde eu e Amy estávamos.

-Olá! - Cumprimentámos as duas ao mesmo tempo.

-Olá Amy, olá Sam... Olha, tenho uma coisa para te perguntar!

Eu olhei para a Amy, com cara de quem estava um bocado aterrorizada com o que ia sair dali, e Amy encolheu os ombros, ela sabia que eu não me interessava por Stark (assim não ficava chateada comigo por causa de ciúmes), apesar de ele ser loiro e ter uns olhos azuis lindos, e de qualquer das maneiras ela valorizava mais a nossa amizade do que uma paixão de semanas...

-Ok... - Estava com medo do que iria sair dali!

-Então é assim, vais ali ao Andrew e das-lhe ganda beijo! Foi ele que me pediu para te dizer, a sério! - Ele estava com o sorriso suspeito nos lábios... - E se não fores, vamos os dois ficar chateados contigo...

Amy estava super divertida com a situação, mas eu por outro lado, estava um pouco em pânico! E também a pensar, teria sido mesmo Andrew a pedir alguma coisa? Afinal de contas ele estáva a olhar muito para nós, e de forma embaraçada, mas quer dizer, eu era do sétimo ano, usava aparelho nos dentes, e não era mesmo nada de especial... Não era muito feia, mas também de linda não tinha muita coisa, além disso, eu era dois anos mais nova, e a comparar com as raparigas da idade dele, eu não era nada!

-Então podem ficar os dois chateados comigo, porque de certeza que não vou!

Eles fizeram beicinho, o que me fez mandar um olhar de matadora para Amy, e ela parou com o beicinho.

-Então vai para o caraças! - Ele virou costas, muito amuado comigo, o que me fez desatar a rir.

Stark chegou ao pé de Andrew e disse que não com a cabeça, e ele olhou para mim com ar triste. E isso deixou-me ainda mais confusa.

Amy chegou-se ao pé do meu ouvido e susurrou "acho que ele gosta de ti..."






















22 de julho de 2012

Divulgação

Como já devem ter percebido, venho divulgar um blog :P

Tem muitas dicas sobre moda, e muitas outras coisas que nós, raparigas, A.D.O.R.A-M.O.S !!
Passem por la, vale a pena :D

Beijinhos!



Selo Oficial do Blog



Regras:
Dizer três factos sobre ti.
Passar a cinco blogs.
Seguir o blog http://somebodytoove-kiss.blogspot.pt/

A minha vida em casa é um inferno, estou sempre a ouvir berros e mais berros -.-
    Há alturas em que só me apetece gritar e desaparecer para não ter de sofrer :c
    Se não fossem os meus amigos, a minha vida era um inferno!


2º Desculpem mas não tenho ideias para passar, e assim teria de passar sempre aos mesmos :c por isso quem quiser, pode fazer este!

Já seguia :P

Ps.: Já tenho o próximo desafio feito nos rascunhos, e só me faltam meter os blogs a quem quero passar :) Por isso, os primeiros 5 a comentar ficam com o desafio! Estou há esperaaa !! :D

Ferias!!

Para ja queria pedir desculpa por nao ter publicado nada nos ultimos tempos, mas andava muito ocupada a fazer as malas (e essas coisas chatas...) para vir de ferias!
Pois e, estou na HOLANDA! E estou ca ate dia 8 de Agosto...


Sim, e muito tempo e ate eu me vou cansar, mas a minha prima veio comigo (surpresa a ultima da hora :P) e nao vai ser tao mau...
Mas vou morrer de saudades :"c


A sorte é que tenho pc e vai dar para falar com ele :DD mas so virtualmente :c
E claro também vai dar para escrever no blog! (muitas vezes espero :P)


Vou aproveitar tambem para começar a escrever uma história (nada verídica... Um pouco sobrenatural :s sou viciada...) enquanto não posso estar no pc .. Mas ainda não sei se vou fazer outro blog com ela, ainda vou pensar nisso .. Depois publico um capitulo para me darem a vossa opinião :)


E para acabar, desculpem o capitulo 27 estar sem acentos, mas só descobri que este teclado tem acentos agora xDD (estão em sitíos diferentes, e de maneira bueeeee estranha -.-)

(desculpem a asneira :P)

E acho que é tudo :D vou já tratar de fazer os desafios e o resto do capitulo 27 :)
BEIJINHOS!!!

Capitulo 27 (parte 1) - "E a esperanca.. "


Não queria pensar mais em Jeff... Ele agora já andava melhor, de qualquer das maneiras, e como ele não estava a sofrer, porque e que eu haveria de estar? Alem disso eu sabia que tinha de seguir em frente.. Por mais que o amasse, porque mais que tivesse esperanca, por mais que isso tudo, sabia que nao valia a pena! Para que sofrer mais quando sabia que nao ia levar a lado nenhum?

Pois, era assim que eu pensava, mas nao era facil fazer o meu coracao pensar dessa maneira! Ele ainda batia mais forte sempre que pensava em Jeff. Em qualquer coisa de Jeff, quer um sorriso, quer uma anedota parva dita numa aula ...

E a esperanca.. A esperanca tambem era injusta comigo! Porque nao desistir apensas, como eu tanto queria, e continuar a acreditar que algo ia acontecer? Acreditar que aida ia-mos um dia passear de maos dadas pela escola, e que ainda ia mostrar a todo o mundo como ele era meu! Pois, mas nao era assim esperanca! E porque e que ela insiste em que seja?

Porque e que a imaginacao insistia em levar o pensamento para a sua cara, os seus olhos, o nosso "futuro?

Ok, eu tinha de parar com isto! Esquece Sam, nao esta destinado... Por mais que eu quisesse...

Estavamos a poucas semanas do final do setimo ano, e eu por um lado ate achei isso bom, visto que me daria tempo para esquecer o Jeff, mas por outro lado, iria ficar muito tempo sem ver Amy, e isso era mau, mas podia ser que desse para falar-mos...

Nao esperava que nada fosse acontecer, mas talvez estivesse enganada, talvez algo iria fazer destas semanas, umas das mais loucas semanas da minha misera e insignificante vida...

14 de julho de 2012

Capitulo 26 - "mais tarde ou mais cedo tens de o fazer!"



As aulas começaram e com elas a minha desgraça ... Tentei concentrar-me nas aulas, mas com Jeff a meu lado nem sempre era fácil...

Martha e Abigail continuaram a falar comigo como se não fosse nada, continuámos a ser grandes amigas... Pelo menos elas tratavam-me assim, elas e o resto da turma, o que era minimamente bom, porque queria dizer que provavelmente a minha turma não tinha conhecimento do meu ataque de ciumes, raiva ou sabe-se lá o que...

Os dias foram passando, e Jeff e Abigail não eram mesmo como um casal, o que acho que melhorou a minha situação... Pelo menos era assim, ele com os amigos dele e ela com as amigas dela. Não passavam muito tempo juntos, mas claro que antes das aulas haviam sempre grande alarido e comentários do género "então, vai um beijinho?" e depois de muito insistirem, lá fugiam os dois para um cantinho, e ninguém sabia o que acontecia lá. e talvez fosse melhor assim para mim..

Estávamos quase no fim da primeira semana de aulas, e eu passava os intervalos a dar voltas à escola com Amy, Martha e Abigail. Carol e Evelyn também vinham connosco, mas não se misturavam muito com Abigail e Martha, pois elas eram muito más para ela, e às vezes também eram para Amy, o que me dava vontade de as enfrentar, mas nunca tinha coragem...

-Então, sempre vais acabar com o Jeff? - Quando Martha perguntou isto a Abigail, ela mando-lhe um olhar que dava a entender que Martha já tinha falado demais...

Martha encolheu os ombros e pediu desculpa, só com os lábios.

-Pois, talvez, mas não sei como lhe dizer isso...

Eu não podia acreditar no que estava a ouvir! Então depois de tudo, ela queria acabar com ele?

Reparámos todas ao mesmo tempo em Jeff, que estava mais à frente, nas suas parvas brincadeiras com os amigos.

-Vai la agora Abigail, mais tarde ou mais cedo tens de o fazer!

-Mas porque é que queres acabar com ele? - Eu não lhe consegui fazer frente, mas também não consegui ficar calada...

-Porque já não gosto dele como gostava...

Fiquei boquiaberta com o que ela disse! Mas como é que era possível ela magoa-lo daquela maneira? 

-Então vai! - A Martha estava a adorar aquela situação! Ela devia adorar magoar as pessoas... Especialmente as que eu amava!

Abigail encolheu os ombros e começou a caminhar em direcção a Jeff. Eu não podia acreditar no que ela ia fazer! Chegou-se ao pé dele e chamou-o à parte. Ao menos teve a decência de não contar aquilo à frente dos amigos dele!

Falaram durante algum tempo, pouco tempo na verdade. Ela virou costas e veio ter connosco. Saiu de lá com um sorriso nos lábios, super descontraída! Como era possível? Eu ainda me sentia em choque. Olhei para Jeff, que foi ter com os amigos de cabiz baixo. Eles iam-se começar a meter com ele, mas viram que algo se passaram, mas nem perguntaram nada! Ele apenas ficou lá ao pé deles, sem vontade de rir nem de participar nas brincadeiras deles!

Eu não sabia o que havia de pensar! Amy dizia-me que aquilo era bom, mas afinal, a minha filosofia tinha sido "o importante é que ele está feliz!" ou seja, eu engoli toda a minha dor, porque ao menos ele estava feliz, e agora ela deixa-o mal! Estava completamente chateada com ela! Tinha-me feito sofrido, e tinha-o feito sofrido!

A hora de almoço passou rápido. Jeff tinha ido almoçar a casa, por isso não sabia como ele estava, mas queria desesperadamente consola-lo... Quando as aulas da tarde começaram, ele sentou-se como sempre a meu lado. Estava triste, como era normal. Não respondia às brincadeiras dos colegas, nem gozava comigo quando eu me enganava ou dava uma resposta ao lado. Ele não podia ficar mal para sempre, pelo menos eu achava que ele não gostava assim tanto dela para ficar mal e sofrer por ela, mas isso só o tempo diria!

Quando acabou a aula, vi Abigail a dirigir-se para o pé de nós. Eu era sempre das ultimas a sair, e Jeff hoje estava extremamente lento.

-Jeff, a Sam gosta de ti, por isso podiam... Sei lá, ter uma curte ou assim! Bem, até amanha!

Como é que ela tinha a lata de dizer aquilo? Quer dizer, acabava com ele e ainda tentava arranjar-lhe uma "curte" no mesmo dia? Além disso, eu nunca iria curtir com ninguém! Achava isso parvo! Eu não era uma dessas miúdas!

Mas o que é que eu podia fazer por ele? Bem... Nada... Ele é que tinha escolhido aquilo, agora era só não tocar no assunto e esperar que aquilo lhe passasse. Até lá ia odiá-la por ela ter magoado o rapaz que eu amo!

10 de julho de 2012

Novidades :D

Oláááá :D 

1º queria pedir desculpa por só ter publicado agora o capítulo 25, e ainda por cima está pequeno! -.-
(Vocês)

(Eu)

MAS AQUI VAI A NOVIDADE 1:
O próximo capitulo não tem nada a ver com este, então tive mesmo de fechar o 25, para no 26 vir uma surpresa completamente nova!!! E o 27, 28 e 29 vão ser BOMBASTICOS!!!! Pelo menos eu espero que gostem :D



NOVIDADE 2:
Bem, como me pediram para dizer as notas que tinha tido nos exames, só para informar que tive... tam taaam taaaam TAAAAM 

5 a matemática!!!!!!!!!!!!!!! e a minha reacção foi:

4 a português!!!!!! e a minha reação foi:
glee gif, glee, happy, excited gif


NOVIDADE 3:
Voltei a furar as orelhas :D com a minha melhor amiga! (espero que a minha mãe não leia isto, porque eu só pedi ao meu pai xD)
Nós somos mesmo doidas xD mas agora tenho 3 numa, e dois na outra :P sou uma rebelde eu (a) 

NOVIDADE 4:
Estou com uma filha da mãe de uma dor de dentes :'c mas pronto, há-de passar um dia xD até lá vou sobrevivendo com ben-u-rom :c
(eu quando a dor aparece)

Capitulo 25 - "tinha de pedir desculpa..."




Passei a noite toda a reflectir no que tinha dito... Talvez tivesse sido demasiado bruta, afinal, se ele estava feliz, não era isso que interessava? Se eu o amava tanto como eu dizia e pensava, devia querer que ele seja feliz, por mais que isso custe a minha felicidade... Devia pensar "se ele está feliz, eu tenho de estar também" e não "se ele só é feliz com ela, mais vale nem ser!"...

De manhã não conseguia parar de pensar noutra coisa... Quando acho que uma coisa esta mal, não descanso enquanto não a for mudar! 

Cada vez tinha mais a certeza de que lhes devia pedir desculpa... Afinal eles não têm culpa de quererem ser felizes, certo? Pois... Podiam não me ter iludido antes, mas agora também já não podiam fazer nada... ao menos um de nós ia ser feliz.. Neste caso, eles os dois iam ser felizes...

Decidi que lhes tinha de pedir desculpa... Não por já não estar magoada, porque na verdade estava, e muito! Mas não ia adiantar de nada... Provavelmente iam todos ficara contra mim, porque estava a ser "infantil" ao fazer birrinha com eles... E provavelmente até estava um bocado, por isso fiz a única coisa que podia ser feita para tornar as coisas um pouco melhores... Pedir-lhes desculpa!

Fui ao msn, e lá estavam eles os dois on... Só de pensar que deviam estar a falar um com o outro, todos felizes, quase me fez sair, ou voltar a ataca-los! Mas mantive a cabeça no lugar e tentei controlar a respiração...

Abri novamente uma conversa de grupo, e antes que eles pudessem pensar o contrário, disse que só queria pedir desculpa. Que tinha sido egoísta, e que estava muito chateada na noite passada, e não tinha percebido o lado deles... Disse que queria que eles fossem felizes e não tive coragem para dizer mais nada. As minhas forças não eram assim tantas. Eles apenas disseram que não faziam mal, e que compreendiam o meu lado.

"Tens de te por bem Sam, agora ele vai ver o que perdeu!"

Sabia que não podia ficar mal, mas sempre que pensava neles a beijarem-se e a serem felizes os dois, sentia os olhos a arder e as minhas próprias imagens de felicidade a virem-me à cabeça. Tinha de apagar aquilo tudo, tinha do o esquecer!

Faltavam poucos dias para começar o 3º período e eu não tinha nada para fazer. Tinha de pensar noutra coisa sem ser neles os dois... Comecei a escrever "3º período" com letras bonitas e pintadas nos cadernos, para me distrair. 

"Rapidamente" começou o 3º período... Agora ia ter de passar um mês e meio a levar com aqueles os dois! Como Amy me dizia, agora tinha era de me concentrar em mim, e na escola, e não pensar neles. Tinha de começar o 3º período com o sorriso nos lábios!

Dylan deu-me muito apoio também! Ele era o meu melhor amigo, e conhecia bem Jeff, e também não gostava muito de Abigail... Ele era o único rapaz com quem eu conseguia falar normalmente... E pensar que há tão pouco tempo tinha gostado tanto dele... Quer dizer... comparado com o que sentia por Jeff, não era nada!

Mais uma coisa que me ia distrair... Este ano vinham à minha escola uns alunos dum programa chamado "Comeniuns" que era uma espécie de intercâmbio de estudantes... Pêlo que eu sabia, ia-mos fazer montes de actividades! E eu ia receber uma rapariga em minha casa, durante uma semana... Pêlo menos era uma semana em que eu estava completamente (ou quase completamente) distraída...

Desafios :D

Desde já obrigada às duas por se terem lembrado de mim !! (http://almostprinces.blogspot.pt/ ; http://thingsoflife123.blogspot.pt/)


Regras:
Escrever 11 factos sobre nós.
Responder às questões que te foram feitas e criar 11 perguntas novas.
Escolher as próximas pessoas e colocar o link.
Ir à página delas e dizer que propões o desafio.
Nada de tags. Postar as regras do desafio.


Factos sobre mim:
Tenho um namorado lindo que amo muito!
Tenho uma melhor amiga linda que amo muito também e é tipo a melhor melhor amiga do mundo (já me fez duas festas surpresa :oo)
Adoro escrever no blog, mas não tenho tido tempo :c
sou super viciada no tumblr...4 Estou com uma dor de dentes enorme neste momento -.-
5 Dou-me super bem com a minha sogra xD e também com o meu cunhado (que tem 5 anos e me adora e eu adoro-o xD)
6 Tenho muito orgulho no meu menino e na minha menina porque ele joga muito bem (football) e ela toca muito bem (piano) :3
7 Amo ler mas este verão ainda não li quase nada e não gosto disso :c
8 Adoro a Avril Lavigne e todas as musicas dela (L)
9 Facto maior sobre mim: começo a ficar sem factos xD
10 Tenho uma gata (acho que já tinha dito mas não faz mal xD)
11 Tenho um irmão de 6 anos que é um pirata, mas pronto, mano é mano (LL)

Perguntas da Princesa Perdida:
1. A tua série preferida é...? Sobrenaturaaaaaaaal!!! Fomos feitos um para o outro xD
2. Qual é o teu maior sonho? Cumprir todas as promessas que já fiz...
3. Blog ou facebook? Para socializar, facebook, para passar o tempo e desabafar, blog c:
4. Praia ou piscina? Amo os dois xD é muito difícil escolhe ...
5. Qual é a tua estação do ano preferida? Adoro o verão .. Mas sinceramente amo a magia do inverno *--* (mas passado um mês ou dois já quero verão outra vez)
6. Acreditas no "para sempre"? Quero acreditar que sim, mas tenho medo de sair magoada ... Mas também acreditar não custa, certo?
7. Acreditas no sobrenatural? Há coisas que não se conseguem explicar... mas dai a acreditar no sobrenatural ... não sei :/
8. Qual é o teu cantor favorito? Avril Lavigne xD também amo os simple plan, mas não são só um cantor ...
9. Achas que "os meios justificam os fins"? depende, se for muito grave, não, mas se não magoar mais ninguém para além da própria pessoa que está a fazer as coisas ... 
10. Animal favorito? Cães, gatos, coelhos... De tudo um pouco xD
11. Acreditas no "depois da vida"? Gostava que houvesse, mas sinceramente nem eu sei se acredito ou não ...


Perguntas da kátia sofia:
1-O quê que mais gostas de fazer nos teus tempos livres? Internet, Televisão, estar com os amigos, ler, ir à praia...
2-Perdoarias uma traição dum amigo? Sim, de um amigo sim .. Dependendo da traição, acho...
3-É mais fácil julgar ou perdoar? Porquê? Perdoar é sem dúvida mais difícil, porque é fácil dizer mal, mas não é facil admitir que quem está mal somos nós!
4-Se pudesses ser um animal qual serias? Um mosca :D mas a sério ... não sei xD

5-Porquê que resolveste fazer um blog? A minha bf andava a ler histórias de blogues e eu quis fazer uma também, mas como estava sem ideia, fiz a história da minha vida c:
6-Qual foi a situação mais constrangedora que passaste? Não me estou a lembrar de nada que tenha sido assim muito mau ...
7-Como foi o o teu primeiro beijo? Foi como já contei na história xD foi estranho 
8-Tens medo de ... aranhas e perder o meu menino :c
9-A teu filme favorito é... não tenho mesmo favorito, mas amo o Pearl Harbor :3
10- Quantos anos tens,e de onde és? 15 e sou do Seixal ...
11-O sonho mais esquisito que já tiveste foi... Que me transformava em mosca para me esconder do meu professor de moral que era vampiro -.-



As minhas perguntas:
1 Já alguma vez choras-te numa aula?
2 Deitar cedo e levantar cedo, ou deitar tarde e levantar tarde?
3 Que queres ser quando fores grande?
4 És popular na tua escola?
5 Disciplina favorita ..
6 Tumblr ou facebook?
7 Blog favorito ...
8 Banda favorita?
9 Gostas de ti própria?
10 Já choras-te por alguém?
11 Achas que os namoros que começam cedo podem durar para sempre?


A quem eu passo o desafio:
http://welliamperfection.blogspot.pt/
http://princessmaryblog.blogspot.pt/
http://imyheartandmyworld.blogspot.pt

5 de julho de 2012

Namorado @@

     Ele é lindo :$ é ciumento e preguiçoso ! Deixa-me 10 minutos à espera dele à porta de casa, porque ainda precisa de arranjar o cabelo -.- ele chama-me feia quando eu digo que ele é lindo, ele diz que eu sou gorda quando eu digo que ele é perfeito ! Se for preciso demora uma hora a responder às mensagens, mas diz-me que é super rápido a responder. Não me deixa estar concentrada nas aulas, e ainda me culpa a mim quando o vêm a falar...
      Mas apesar disso tudo, ele também me manda mensagem gigantes e lindas às três e quatro da manhã, dá-me as respostas mais que perfeitas quando eu estou chateada, diz que eu sou linda, mesmo quando não me penteai de manhã e me estou a sentir super mal. Diz-me que tenho um corpo perfeito quando eu me sinto gorda... Dá-me a mão em frente aos pais e amigos :$ falta às coisas dele para estar comigo ... Consegue falar comigo pelo olhar, e perceber se eu estou bem, mesmo sem lhe dizer nada. Rimo-nos de piadas que só nós percebemos... Ele diz-me o que eu estou a pensar, e quando mais preciso de ouvi-lo! Diz que me ama, e mesmo quando diz que me detesta, com o olhar ele está a dizer o contrário. Diz aos amigos que só me ama a mim, e diz às raparigas que se metem com ele que ele já tem namorada. Dá-me abraços muito apertados e beijinhos no pescoço. Dá-me festas em frente a todo o mundo, e cala-me com beijos quando me chateio com ele! Passa-mos a vida a mandar vir um com o outro! Sinto orgulho de tudo o que ele faz :$ e apesar dos defeitos, ele vai continua a ser perfeito para mim...
      Diz-me todos os dias que vai ser para sempre, e mesmo que eu saiba que isso pode não acontecer, acredito que sim. Vamos fazer o nosso próprio para sempre, e esse para sempre vai durar o tempo que for preciso. Três anos? Dez? Vinte cinco? Cinquenta? Quem sabe... Vamos fazer com que dure! Pode ser difícil, podemos sair ainda mais magoados no fim, mas vamos acreditar até ao ultimo "amo-te", até ao último "és a minha menina", até ao último "és o meu mundo", até ao último abraço, até à ultima troca de olhares, até ao último beijo... E venha quem vier dizer que não, porque nós vamos sempre acreditar, e lutar contra tudo e contra todos, para que dê certo! 



Capitulo 24 (parte 2) - "Ofendi-os de tudo"



Como eram os anos de Amy, fui dormir a casa dela.

Saímos do cinema e cada vez me sentia pior porque ninguém (sem contar com Amy, Carol e Evelyn, claro) dava conta do que eu estava a pesar, nem se preocupava comigo... Continuavam a mandar bocas. A cada sorriso de Abigail, e cada corar de Jeff, uma coisa crescia dentro de mim. Começou a apetecer-me esmurrar alguém... Ou as paredes, mas só sei que queria mandar tudo aquela sensação para longe de mim!

Queria dizer-lhes que não era justo o que eles tinham feito! Dizer-lhe que ela não me devia ter feito aquilo, e não, eu não percebia! Dizer a Jeff que não te tivesse dado falsas esperanças! Mas ali, a única coisa que podia fazer era controlar-me...

-Sam... Tem calma!

-Eu sei Amy, também não ia fazer nada agora... Iam todos ficar do lado deles! - Inspirei fundo e concentrei-me na máquina de bolas saltitonas.


-Pronto, tem calma... Espera ai! Agora? Que queres dizer com isso?

-Achas que vou conseguir ficar calada? Viste o que aquela vaca fez?

-Pois... Nem sei como não fizeste logo... Mas agora é a minha festa de anos e vamo-nos divertir! - Disse-me aquilo acompanhado de um grande sorriso, o que me obrigou a sorrir também!

Tentei divertir-me o resto da festa, e fazer-me de forte, e manter um sorriso nos lábios, e fazer mais sabe-se lá o que... E consegui até ir-mos para casa de Amy.

Comecei a sentir os olhos a arder, e não conseguia dizer uma palavra, pois sabia que à mínima palavra iria rebentar! 

-Sam, queres ir para o quarto? - Amy sussurrou para que a mãe não ouvisse.

Acenei que sim com a cabeça, porque não conseguia falar. Fiquei contente por ela perceber...

-Mãe, nós vamos subindo... Longo dia!

-Está bem meninas, boa noite! - A mãe de Amy era uma querida, e faz-nos um sorriso doce.

-Que queres fazer?

Comecei a chorar. Amy abraçou-me com força, e ficamos ali até que eu fiquei melhor.

-Então, já está tudo cá fora?

-Yup...

-Vamos para o pc?

-Bora! - Já estava melhor, mas por dentro continuava a apetecer-me esmurra-los!

-Posso ir antes ao meu msn, Amy? 

-Claro! Vai lá!

Entrei e adivinhem quem lá estava... Jeff! e Abigail... e o seu nick era "Jeff :$ <3"

Semicerrei os olhos para o computador e Amy não sabia se havia de estar preocupada, ou a rir-se da situação, mas eu não quis saber! Abri a janela e chamei também Abigail para a conversa! 

Amy ficou a olhar para mim com os olhos muito abertos! olhei para ela meio a chorar, e ela faz sinal para que eu continuasse.

E ai a minha capa veio abaixo. Ofendi-os de tudo e mais alguma coisa. Chamei-lhes nomes, disse que eram falsos, e que eu os odiava!

Chegou a um ponto em que não tinha mais nada para dizer, e vim embora. Deixei-os a chatearem-se comigo também, e a dizer que não tinham culpa.

Ainda estava de cara trancada, em frente ao computador, mas Amy desatou-se a rir, o que fez com que eu me desatasse a rir também! Ficamos as duas a rir, apesar de eu estar a chorar ao mesmo tempo. Depois lá me passou...

Fomos ver um filme, eu não estava para muitas conversas.... Depois fomos dormir, e eu passei a noite a pensar nas coisas que tinha dito... Se calhar não tinha sido justa... Afinal, se eu o amava, devia querer que ele fosse feliz, certo?

4 de julho de 2012

Capitulo 24 (parte 1) – “e… e namoramos…”




- Ouve… eu e o Jeff… Nós…

- Sim?

- Beijamo-nos e… e namoramos… desculpa! Eu sei que disse que não gostava dele, mas quando ele me beijou… Quando ele me beijou foi tão bom! Esqueci tudo o que me magoava, perceber?

Boa sua falsa, espeta-me na cara que o beijo foi maravilhoso, mas o meu não! Estas a ajudar imenso…

-Sim… acho que sim… - Eu não fazia ideia do que estava a dizer... 

- Então isso quer dizer que não estás chateada comigo?

- Não… - Eu ainda estava em choque. Quem deu aquela resposta não tinha sido bem eu… Bem, era certo que era eu, mas não era a minha opinião, porque… Sei lá, ainda não tinha nenhuma!

Oh, vá lá, eu ainda estava em choque! Afinal o rapaz que eu pensei que gostava de mim, e que ia-mos ser felizes “para sempre” acabou de beijar a rapariga que pelos vistos ia ajudar nessa coisa do felizes! E acabei de descobrir que namoram! E que ele beija bem… Com ela!

Por isso, quem respondeu foi uma capa. Uma capa que teve de se formar para eu não ficar ali eternamente sem uma resposta para dar…

Subimos para os nossos lugares. Claro que toda a gente começou a mandar bocas para Abigail e Jeff, o que começou a tirar me do choque, e começou a formar a opinião que o verdadeiro eu tinha em relação aquilo tudo… E quanto mais ouvia, mas a minha opinião se começava a virar para um dos lados… o lado que ninguém ia gostar…

(continua…)