22 de março de 2012

Capitulo 3

O despertador tocou de manhã.. Era mais um dia normal. Levantei-me já um pouco atrasada, mas tentei despachar-me o mais rápido possível. Estava frio, por isso não levei uma das minhas melhores roupas (não que tivesse muitas...) e como não queria levar na cabeça da minha mãe, fui agasalhada e ''enchouriçada'' como sempre. Estava num daqueles dias em que só me apetecia esconder-me.

A minha mãe foi a conversar comigo o caminho todo, enquanto eu me concentrava na musica e no que se passava à minha volta.

Cheguei à escola às 8:35... já passavam dez minutos... Com sorte ainda não tinha-mos entrado!

Fui a correr entre os corredores que já me eram bastantes conhecidos, infelizmente a sala onde ia ter aulas era do outro lado da escola. Subi as escadas a correr, aprecei-me a atravessar a escola toda, no andar de cima, e quando ia para descer outra vez as escadas da ponta oposta da escola ouvi uma gargalhada familiar... Amy! Oh graças a Deus! tentei compor-me e desci as escadas como se tivesse bastante descontraída. 

-Então, não temos aula? - Perguntei a Amy tentando não desviar os olhos dos dela.

Amy estava sentada num banco junto a Dylan... Só de o ver subiram-me os calores! Agora seria a minha oportunidade de falar com ele! Não podia dar barraca!

-Olá Sam! Acho que não... A 'stôra já devia ter chegado! - Lançou-me um daqueles olhares marotos, como quem dizia ''Começa agora o meu plano!''... O que me fez arrepios por uns segundos.

-Então tu é que és a Sam! Olá! - Dylan lançou-me um sorriso lindo! Oh meu Deus, ele tinha falado comigo!!!

Alguém gritou do cimo das escadas que a 'stôra não vinha, e de repente acendeu-se uma luzinha dentro de mim...

-Bem, que penaa! - Amy disse aquilo de forma demasiadamente irónica. - Queres vir para a biblioteca connosco Dylan?

-Claro, porque não?

O meu sorriso ampliou-se muitas vezes. Ia passar uma hora e meia com Dylan... e Amy. Começamos os três a andar para a biblioteca, que era mesmo por cima da sala onde ia-mos ter aulas. Amy foi-me dando cotoveladas e eu fui ficando cada vez mais envergonhada...

Passamos o tempo na conversa, ou melhor, Amy e Dylan passaram o tempo na conversa. Claro que Amy passou o  tempo a incluir-me, pedindo a minha opinião ou fazendo-me falar, inevitavelmente. Dylan tentou tirar-me algumas fotografias,o que me fez ter uma pequena luta com ele, que me deu bastante gozo, mas ao mesmo tempo pânico porque odiavaa fotografias!! Ria-me por tudo e por nada, tipo retardada... Era o que dava estar apaixonada!

Mais tarde apareceram ao pé de nós umas raparigas muito lindas. Eram da nossa turma. Duas delas com olhos azuis e loiras, e outra com olhos pretos e cabelo castanho escuro. Pareciam gostar bastante de Dylan, o que não me fazia gostar muito delas, mas apesar de tudo eram simpáticas.

Depois tocou, e no intervalo foi cada um para seu lado e eu fui dar a típica volta à escola com Amy.

-Eu acho que ele gosta de ti!

-Sim, e eu tenho barbas brancas e cara de pai natal, só pode!

-Não, a sério, não te quero dar falsas esperanças, mas é que parece mesmo!

-Mas porque dizes isso?

-Sei lá eu! Só sei que parece...

-Eu queria... mas vamos lá ver...

Depois continuamos a andar e conversar... Uma luzinha foi-se acendendo dentro de mim...

Agora quando passava pelos meus colegas já consiga saber qual o seu nome.. Excepto de um ou outro, e quando eles e elas olhavam para mim, lançavam um pequeno sorriso, e vice-versa. Será que era agora que nos ia-mos começar a dar melhor?

3 comentários:

  1. Adoro! Continua tens muito jeito! Sigo.

    ResponderEliminar
  2. Adorei como sempre *.*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigadaa !! Espero que continue a corresponder :D
      Beijinhos*

      Eliminar

a vida é muito curta para guardares o que pensas só para ti!