2 de maio de 2015

aventuras de quando estamos eu e tu contra o mundo

então como sabem (ou não) os meus pais estão divorciados e eu estou só com a minha mãe. e como sabem também, ando a tirar a carta (tenho dois terços das aulas). então hoje a minha mãe começou a sentir-se mesmo mal quando estávamos a voltar para casa do nosso passeio, nem conseguia abrir os olhos e só vomitava... conclusão: tive de levar o carro até casa, e depois ir à farmácia (que eu não sabia onde ficava!). assim que sai do carro estava a tremer por todos os lados! mas agora ela já está bem e a situação tem a sua piada (na altura não achei muita graça)

11 comentários:

  1. o que interessa é que melhorou kkk :)

    ResponderEliminar
  2. Deve ter sido uma situação stressante mas o que vale é que te safaste bem e a ajudaste :)

    ResponderEliminar
  3. Eu queria imenso tirar a carta, mas tenho imenso medo. Se isso me acontecesse acho que entrava em pânico.

    ResponderEliminar
  4. Bem, que filme! As melhoras para a tua mãe.

    ResponderEliminar
  5. Eu sabia que iria adorar conduzir, mas quando andava nas aulas não gostava nada. Isto porque são raras as vezes em que acordo de manha sem ser naturalmente para ir fazer algo que tenho de fazer todas as semanas e infelizmente as aulas de condução não eram excepção a isto. Mas quando as aulas terminaram e quando tive a carta na mão, comecei a pegar no carro para as minhas coisas (quando o meu pai me ia levar a algum lado e dizia para ser eu a conduzir ahah ) e adoro conduzir !

    ResponderEliminar
  6. Andas a tirar a carta e levas o carro :O Niceee! ahahah

    ResponderEliminar
  7. Acabaste por conseguir! Eu tenho tanto medo de conduzir, espero que desapareça quando tirar a carta :) As melhoras para a mumy

    ResponderEliminar
  8. Andaste na rua numa situação de stress e correu tudo bem, muitos parabéns, teremos aqui uma excelente condutora de certeza xd.
    R: No meu exame de código errei 1, e tu?

    ResponderEliminar
  9. Bela aventura Clau!
    As melhoras. :)

    ResponderEliminar

a vida é muito curta para guardares o que pensas só para ti!